RSS

Apoplithorismophobia, ou o medo da Deflação

05 Maio

É um erro tradicional que Deflação implica crise. Bem, receio que não.

Já passei horas a desmontar este argumento com exemplos sectoriais (quem deixaria de comprar comida, se soubessem que ela iria descer de preço, porque é que as pessoas compram computadores se sabem que para o ano é mais barato, …). Expostas a esta argumentação as pessoas dizem “nesse sector é diferente”, e por mais exemplos que eu dê (“e se a roupa descesse 20 anos, à japonesa, nunca mais compravas roupa?” eheheh), não adianta e as pessoas ficam a achar que no fundo no fundo, elas têm razão e eu não: simplesmente argumento bem.

Outras vezes vou pela argumentação teórica (velocidade da moeda, política monetária, inflação monetária e de preços, preços como simples rácios entre bens, …). Mas se isto já é complicado que chegue para mim, aqui as pessoas deixam de falar por não dominarem o assunto mas nunca convenci ninguém com esta linha de argumentação.

Finalmente, a minha argumentação preferida é séries longas históricas. Mas eu refiro-me a séries meeesmo longas. Vivendo num país como Portugal, com 900 anos de história, a tarefa é possível, se bem que complicada: como calcular a inflação para dar uma ideia desta durante toda a história? Bem, é impossível calcular. Mas para dar uma ideia, atentem no quadro abaixo com a moeda mais valiosa em cada reinado.

Fonte: o melhor Forum de Numismática e Notafília em Portugal, em minha opinião.

Slide de uma apresentação minha sobre Política Monetária.

Repare-se bem no quadro-resumo. Podem duvidar de um ou outro valor (a começar pelo de D. Afonso Henriques), mas em qualquer caso a conclusão é avassaladora: a inflação não tem nada a ver com crescimento económico, mas sim com gastos militares desproporcionados, que como os Reis não conseguiam taxar, monetizavam. Ou seja, cunhavam moedas superiores para pagar as suas aventuras militares.

Quando estas não existiam (ou não representavam um grande peso para a coroa), havia períodos longos de crescimento e inflação 0 (mas mesmo 0) durante séculos.Séculos! E por vezes mesmo de deflação.

A todos os que sofrem de Apoplithorismosphobia (podem ler toda a teoria nos links nesse wiki-artigo ou aqui) e receiam o bicho-papão da deflação, por favor, considerem a evidência histórica, pensem o que deixariam de comprar se descesse de preço todos os anos, leiam o artigo teórico do Thornton e libertem-se!

Anúncios
 

One response to “Apoplithorismophobia, ou o medo da Deflação

  1. gmsmc

    11 11UTC Abril 11UTC 2013 at 17:08

    Podes ficar contente, porque acho que me convenceste. Mas gostava de ver dois pontos desenvolvidos: o primeiro – donde veio então a ideia de que a deflação é uma tragédia; e o segundo – o que é que acontece então à economia num período de deflação?

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: