RSS

Dívida Externa Portuguesa

05 Maio

Dados Oficiais do Banco de Portugal.
Basta googlarem “external debt banco Portugal” (sem aspas), e é o 1º resultado.
Alternativamente basta guardarem este artigo =).

Respostas a Perguntas mais Frequentes:

1) Nos 2 últimos trimestres de 2011 os valores da Dívida Externa e da sua sub-componente Estatal desceram! Faz sentido?
Rª: Antes demais, convém recordar que muitas emissões de dívida noticiadas são emissões para pagar dívida a vencer dias depois, pelo que isso não é de modo nenhum indicador que a dívida esteja a aumentar (podem ver as emissões no site do IGCP). Seja como for, estas estatísticas são dificílimas de avaliar porque mesmo nos picos do Socratismo por vezes a dívida descia. Depende muito da variação de contas correntes, pagamento (ou adiamento) de contratos, trimestres em que o valor a pagar efectivamente é baixo e muitos factores impossíveis de controlar ao tentar fazer uma estatística “isenta” sobre o “consumo de liquidez”. E claro, a Contabilidade é uma forma de Arte =)

2) A descida não está relacionada com a desvalorização dos títulos da dívida pública?
Rª: Eu próprio já tive essa dúvida, mas aparentemente não: esta estatística assume o cenário de que a dívida é para pagar na sua totalidade e portanto é aqui colocada a valor nominal.
Acho que a “arte” ainda não chegou a esse ponto…

3) E as emissões de dívida estatal internas?
Rª: O crédito externo é escasso não só para o Estado como também para a banca. Afinal, era aquele que supostamente garantia a última.
Combinado este factor com as baixas disponibilidades das famílias e empresas, há assim poucas condições para o Estado se financiar internamente. Assim, não me parece que o que se esteja a passar aqui seja passagem da dívida estatal de externa para interna, até porque o crédito interno também tem estado a contrair.

Referências Adicionais (Inglês): Dados do Banco de Portugal, Reservas Portuguesas no Banco de PortugalDados do Banco Mundial, “Doing Business” do Banco Mundial, Portugal no FMI, Portugal na OCDE.

Referências Adicionais (Português): Censos 2011 (provisórios) no INE, Dados INE, SDDS da DGOrçamento.

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 5 05UTC Maio 05UTC 2011 em Dados, Pol. Orçamental, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

2 responses to “Dívida Externa Portuguesa

  1. Ricardo

    15 15UTC Outubro 15UTC 2012 at 15:02

    Boa Tarde
    Obrigado pelos dados… mas fica-me a dúvida. Afinal que parte da dída é do estado, que parte é dos bancos e que parte é privada. Há dias ví esta descriminação feita para espanha, e curiosamente a grande fatia era mesmo dívida dos bancos e das comunidades autónomas, não do estado espanhol. A dívida do estado espanhol (sem as autonomias) era menor que a dívida alemã, por exemplo… Aparentemente o estado estava a pagar (e bem) a dívida dos bancos.

    Abraço
    Ricardo

     
  2. Ricardo Campelo de Magalhães

    15 15UTC Outubro 15UTC 2012 at 18:57

    Ricardo,
    De nada, é um prazer.
    No quadro apresentado está toda a dívida Externa Portuguesa. A componente Estatal está na 1ª Rubrica (“General Government”), mas atenção que é apenas a dívida Estatal detida por estrangeiros. O crescimento de 101 para 116 (mil milhões de Euros) deve-se provavelmente ao vencimento de dívida detida por Portugueses refinanciada por emissões compradas por estrangeiros.

    Ou seja, o quadro divide assim a nossa dívida externa:
    – I – Dívida Estatal (incluindo Local e Regional)
    – II – Dívida do Banco de Portugal
    – III – Dívida das Instituições Financeiras (Bancos)
    – IV – Dívida de Empresas não Financeiras e Famílias
    – V – Saldo do Investimento Directo Estrangeiro

    Mas como há muita movimentação contabilística entre os grupos (por ex: o Estado pede e os Bancos Portugueses emprestam, mas financiam-se lá fora para angariar dinheiro para a operação), o valor a ter mais em atenção é o agregado…

    Abraço,
    Ricardo.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: