RSS

Tese de Mestrado “Como Lucrar por Ser Liberal”

04 Dez

Eu sou um Economista Austríaco – e como tal sempre acreditei profundamente nas implicações negativas que a intervenção do Estado na economia e no sistema de preços pode provocar. Além disso sou também um Consultor Financeiro – e assim tenho como profissão pensar em estratégias de investimento para maximizar o património de um investidor. Quando comecei a fazer o Mestrado, pensei em como juntar estas minhas duas facetas na minha tese. Primeiro, pensei em estudar Áreas Monetárias Óptimas. Mas é um tema cuja conclusão era óbvia à partida e sem grande interesse. Foi então que tive outra ideia.

Uma professora chamada Aurora Teixeira disse-me um dia: “Uma tese de mestrado tem de ser passível de ser resumida numa frase, ou então é inconcretizável”. Guiado por este princípio, eu diria que a questão em estudo na minha tese é “Qual a influência da política económica da administração americana tem nos mercados accionista e aurífero?”.

A tese desenvolve assim 2 conceitos:
  1. Política Económica da Administração Americana – onde havia que criar um indicador que permitisse classificar as administrações americanas como tendencialmente liberais e tendencialmente intervencionistas (sublinhe-se o tendencialmente, pois não há exemplos perfeitos);
  2. Retorno de uma Estratégia de Investimento – onde havia que escolher estratégias de investimento mais apropriadas a um e outro caso, o que com alguma pesquisa concluí que seriam metais e acções.

Desenvolvendo, pode-se dizer que a Hipótese em estudo era se “Uma administração com uma política económica tendencialmente liberal potenciaria o investimento em acções e uma administração com uma política económica tendencialmente intervencionista potenciaria um investimento em metais” ou se não havia evidência estatística para confirmar tal hipótese. O estudo foi feito para os EUA (facilidade de obtenção de dados agregados, peso nos mercados mundiais), para o período 1965-2009 (desde o início da variação do Preço do Ouro portanto).

Claramente a parte mais difícil do trabalho era definir as administrações como mais ou menos liberais. Para esse fim, foram elaborados 4 grupos de indicadores:
  1. Warfare – A administração incorre em elevados gastos com Segurança Militar ou não?
  2. Welfare – A administração incorre em elevados gastos com Segurança Social ou não?
  3. Fiscais – A Administração taxa muito os contribuintes ou não?
  4. Monetários – A Administração taxa muito os aforradores ou não?

Foi assim desenhado o seguinte quadro de indicadores:

Assim, os resultados foram:
  1. Tendencialmente Intervencionistas: LBJ, Nixon, Carter, Bush II (e Obama, se fosse até 1-1-2013)
  2. Tendencialmente Liberais: Ford, Reagan, Bush I, Clinton

Após esta divisão, há que seleccionar então os activos em que investir. Entre os metais, escolhi o Ouro por ser mais representativo (mercado da Prata é muito pequeno) e estável (pois a parte gasta para consumo é muito reduzida – sabiam que se pode comer ouro?), apesar de me obrigar a ciclos anuais para evitar problemas de sazonalidade. A nível de Acções, escolhi o Dow Jones, também pela sua representatividade e estabilidade. Outras escolhas também seriam possíveis – como o S&P500, o Nasdaq ou a Berkshire Hathaway – mas preferi o mais representativo para o trabalho ter mais confiança nos resultados.

Assim, antes de ver o resultado, vejamos o gráfico do Dow Jones/Onça de Ouro com os presidentes sobre o gráfico. Reparem que este gráfico representa quantas onças de ouro preciso de pagar para comprar um índice de Dow Jones. Ou seja, é o preço real do Dow Jones, não em imprimíveis Dólares, mas sim no mais confiável Ouro. Reparem também que um presidente que destrua a economia, pode imprimir Dólares (e logo manter o Dow, mas deixar explodir a Onça de Ouro) ou abster-se de tal (e logo manter a Onça de Ouro, mas deixar colapsar o Dow), pelo que o efeito é irrelevante para este gráfico ( e a não neutralidade da subida de preços é captada pelos indicadores monetários). Vejamos então o gráfico:

Com este gráfico, facilmente se conclui a vantagem de investir em Ouro durante as administrações intervencionistas/destruidoras da economia/auríferas e em Acções durante as administrações tendencialmente liberais/pró-mercado.

Ser Republicano ou Democrata não interessa. Os 1os cometem o pecado da Segurança Militar, os 2os cometem o pecado da Segurança Social. Do ponto de vista económico, o que importa é não cometer nenhum deles, ou pelo menos cometê-los na menor escala possível.

Finalmente, aqui ficam os resultados de investir em cada uma das estratégias:

Estranho? Eu diria que não. Contudo, para ajudar a explicitar os resultados, dividamos em 3 períodos, usando para isso 2 pontos de viragem essenciais: 1980 e 2000.

E se… o mercado de acções fosse o S&P? o mercado de acções fosse o Nasdaq? o mercado de acções fosse representado pela Berkshire Hathaway? o metal não fosse o Ouro (Au), mas a prata (Ag)? o critério de divisão entre metal e mercado não fosse o presidente ser aurífero ou pró-mercado mas sim o poder ser dividido entre os 2 partidos?

Como podem ver, o Nasdaq seria melhor, pois sobe mais em expansões e em crise esta-se em ouro e está-se, portanto… Além disso, o Berkshire seria ainda melhor, mas como eu não sei quem será o Warren Buffet da próxima geração…

Possíveis críticas:
  1. Ford, liberal? – Bem, realmente foi por pouco e há diversos factores a colocá-lo entre os intervencionistas. Se assim fosse, o retorno seria de 596.854$ (cerca de 15% de retorno);
  2. A posteriori Vs A priori – Bem, os dados só são conhecidos a posteriori e a decisão de investimento tem de ser feita a priori, o que coloca um problema: podemos confiar nos políticos e na sua capacidade de seguir o que promete em campanha? Não deveria Clinton ser intervencionista e Bush II tendencialmente liberal? Sim, mas a verdade é que Clinton e Bush II não alteraram muito o rácio Dow/Onça no 1º ano, pelo que não haveria diferença significativa;
  3. Ciclos Económicos, Estratégias de Curto Prazo, Medidas diferentes, Investimentos diferentes – tudo são possibilidades de estudo adicionais, mas ficaram foram da tese de mestrado

Então onde investir agora? Ouro. Com Obama não há dúvidas. Bush II levou o Índice de 40 para 20 no 1º mandato e de 20 para 10 no 2º. Obama levou de 10 para 6 até agora e, se eleito outra vez, talvez o leva para 3. O motivo? Obamacare, bailouts massivos, continuação da presença no Iraque, aumento da presença no Afeganistão, intervenção na Líbia, défices recordes, expansão monetária: não deixa grandes dúvidas.

Edição: Se quiser comprar Ouro, leia aqui: Como comprar Ouro.

Apresentado em: Diversas conferências na JSD, Conferência Neo-Keynesiana de Bilbao (certificado, site actual), 1ª Conferência do Liberalismo Clássico

Referências: Site da FEP, OrientadorProposta de Tese, Defesa de Tese, YouTube da Defesa, Ficheiro Excel disponível em breve

Poster para mostra na FEP:

Rácio Dow/Ouro desde a criação do Dow (verdes = Pró-Mercado; Dourados = Pró-Ouro)

Antes da criação do Fed, era só subidas e descidas. Agora é que há estabilidade…

Vídeo:

Bons investimentos!

 

Etiquetas: , ,

10 responses to “Tese de Mestrado “Como Lucrar por Ser Liberal”

  1. Ricardo Dias de Sousa

    5 05UTC Dezembro 05UTC 2011 at 11:33

    Agora uma pergunta capciosa, e se o Ron Paul ganhar as eleiçoes?

     
  2. Ricardo Campelo de Magalhães

    5 05UTC Dezembro 05UTC 2011 at 12:56

    No caso improvável de as eleições serem ganhas por alguém com tendência liberal (fortemente liberal, no caso), então o meu conselho seria vender o ouro e comprar o Dow Jones, pois o ouro iria parar de subir e o Dow Jones iria subir consideravelmente (várias dezenas de pontos percentuais no agregado dos 4 anos), dadas as políticas económica e monetária em particular defendidas por esse candidato desde os anos 70.
    Mas achas mesmo essa uma hipótese a considerar?

     
    • Ricardo Dias de Sousa

      5 05UTC Dezembro 05UTC 2011 at 22:45

      Eu acho que o Ron Paul nao tem a mínima hipótese mas se um tem os outros candidatos continuarem a esquecer-se das medidas importantes que têm que tomar e a saírem-lhes amantes de debaixo do tapete, vai chegar o dia que a Fox tem que apoiar o Ron se nao quer que o Obama ganhe.

      O Ron Paul quer fixar o preço do dólar ao ouro, quando isso acontecer, vao ter que ir contar os lingotes que têm enterrados em Fort Knox e pode que tenham uma surpresa.

      Agora mais a sério, nao desmerecendo o teu trabalho a mim parece-me que parte da subida dos preços dos activos durante os mandatos dos presidentes de tendência liberal foi conseguida à base de expansao creditícia. Essa expansao explica em grande parte a subida das acçoes. Admito que presidentes mais liberais deixem mais espaço a que possam surgir negócios que aumentem a produtividade geral mas há muito leverage nos mandatos de Reagan, Bush I e Clinton. É que eu quase inverteria a funçao: será que os presidentes foram tao mais liberais quanto a economia lhes permitiu porque lhes foi possível alavancar o sistema?

      No fundo essa era a minha pergunta, que fazer no caso de um presidente liberal mas que nao expanda o balanço do banco central? Comprar ouro ou acçoes?

       
  3. Ricardo Campelo de Magalhães

    6 06UTC Dezembro 06UTC 2011 at 3:05

    A Fox tolera o Ron Paul, na maioria dos dias. Mas ver a Fox a apoiar o Ron Paul seria algo meritório de ser visto e ouvido! =)

    Quanto à tua crítica: estás a ir um passo mais fundo do que eu fui. Ou seja, estas a tentar justificar o porquê de isto ser assim: há de facto uma expansão do crédito com Clinton, por exemplo.
    Mas repara como é uma matéria difícil: Bush II também expandiu o crédito. E no entanto… A questão passa também como ela foi feita e se a Economia estava a crescer o suficiente para aguentar o fluxo de notas acabadinhas de imprimir ou não.
    E quanto à Inversão… não creio. Embora a questão de correlação, causalidade e direcção das implicações seja uma crítica possível a esta Tese, claro.

    Podes comprar Ouro até 1-Jan-2013. Nessa altura veremos.
    Se o próximo for liberal (no conjuntos dos 4 pontos: warfare, welfare, fiscal e monetária), ele poderia inverter o deslizar e eu aconselharia Dow Jones… mas isso é mesmo pouco provável nesta altura.
    Judge Napolitano 2016?

     
  4. Ricardo Dias de Sousa

    9 09UTC Dezembro 09UTC 2011 at 16:13

    OK parece-me bem, vou comprar ouro. A propósito nao tens um disclaimer? Tem cuidado, Big Brother is whatching you.

    Nao sigo a política americana tao de perto como tu, sei quem é o Napolitano, ou melhor acho que sei quem é (é um dos 3 juízes católicos do Supremo, nao?) mas nao sei exactamente o que é que defende.

    Ser católico é um plus (bem, o Kennedy também era e nao é o melhor exemplo). Digo isto porque hoje em dia, ser católico nao traz vantagens, só incovenientes e se um político diz que é, podemos esperar ao menos um pouco de integridade.

    Abraço.

     
  5. Ricardo Campelo de Magalhães

    14 14UTC Dezembro 14UTC 2011 at 0:55

    Não Ricardo. O Juís Napolitano é um dos apresentador mais “Libertarian” da Fox News. Procura por ele no YouTube e vês. A sério, tens que o ver.

    Um político ser Cristão (para não entrarmos no debate Protestante/Católico) tem de facto essa vantagem. Mas mais uma vez depende se isso o vai fazer gastar muito ou demonstrar fortaleza e ser poupado.

    Abraço.

     
  6. Ricardo Dias de Sousa

    14 14UTC Dezembro 14UTC 2011 at 10:19

    Eu falei nos Católicos porque os EUA têm uma maioria protestante que, ainda por cima desconfia dos católicos (reconheço que cada vez menos). Os EUA, que eu me lembre, nunca tiveram um presidente ateu, por isso o meu raciocínio nao se aplica aos protestantes nos EUA. Um político americano pode ter interesse em admitir que é protestante. Em Portugal o raciocínio seria o inverso ainda que, comparado com Espanha, Portugal nao é muito católico.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: